← Techstars Blog

Bem-vindo ao Mentor Mondays! Hoje damos a benvinda a mentora de Chicago, Suzanne Muchin.

Você conseguiu compra um nome na internet, garantiu o endereço web, desenhou um logotipo, e talvez até chegou a um slogan. O processo foi divertido e criativo, um monte de desenhos no whiteboard é Post-its na parede. Era mais arte do que ciência, que foi uma agradável pausa da rotina de cavar os números, programação, teste UX e captação de recursos. Agora você pode respirar um suspiro de alívio e se mover a toda velocidade com o seu marketing e todas as estratégias importantes de aquisição de clientes.

Mas a coisa está aqui: se a descrição acima soa familiar, então você não tem realmente construído uma marca, e, eventualmente, esse problema irá assombrá-lo. Como uma peça de cerâmica que foi colocado no forno sem te colocado adequadamente o barro, a sua empresa pode parecer grande na superfície, mas quando o calor está ligado, você vai se arrepender de não ter aplicado as técnicas corretas para garantir a sua marca tenha resistência a longo prazo e vantagem competitiva. Embora existam muitas técnicas de branding e construções que são úteis para empreendimentos em fase inicial, há um processo que simplesmente deve vir em primeiro lugar: pregar seu ponto de vista (POV). Então, vamos decompô-lo e enviá-lo em seu caminho para uma posição de marca mais sólida.

O que é um POV? É uma contundente, perspectiva sobre o que você está fazendo que capta a essência da sua proposta de valor inteiro. Acerta na sua história de uma forma que se sente em altas apostas e distintivo. A POV traz-lhe todo o caminho a partir do modo o que (o que é o problema que estamos aqui para resolver), ao modo e isso (quando os nossos clientes utilizam o nosso produto / serviço, eles vão experimentar este resultado), ao assim então (e que importa, porque …?). Ele reivindica algo fundamental que você acredita, e também sugere claramente o que é que você rejeita (isso pode ser uma abordagem que seus concorrentes estão tomando, ou talvez uma realidade de mercado ou tendência cultural que você vê como prejudicial).

Quando você fazer isso certo, vai parecer como se você tivesse lentes que você nunca possa tirar. Tudo de repente entra em foco. Você verá todos os aspectos do seu negócio através desta perspectiva. Você vai encontrar-se falando sobre o seu POV de maneiras diferentes durante todo o dia. E a parte pontiaguda? Precisa ser tão distinta que quando as pessoas ouvem, eles vão parar em suas trilhas e pensar sobre isso. Ele deve fazer algumas pessoas ter raiva.

Aqui estão algumas empresas de ‘Techstars’ com POVs a considerar *:

Ótimos videogames utilizam a nossa plataforma para rentabilizar os seus seguidores, porque todo mundo merece uma oportunidade de ganhar a vida fazendo o que ama – GameWisp

Rotas otimizadas para pick-up e entrega inteligente de negócios, e ótimo para a sua linha de fundo e pelo ar que todos nos respiramos. – Routific

A pesar que estas possam parecer simples declarações, eles não são nada disso. Considere as promessas  de marcas que eles estão fazendo, a maneira distintiva como eles identificam seus clientes, e sua explicação clara de por que eles acham que o que eles estão fazendo importa.

Grandes marcas não são construídas com um brainstorming. Elas são desenvolvidas com uma estratégia que insiste que os fundadores e liderança das empresas estão tão focados no que está em jogo se eles falharem como bem se eles tiverem sucesso.

* Estes não são os “POVs” oficiais das empresas, mas refletem o trabalho POV que eu fiz com essas equipes no Techstars em Chicago.

Este blog foi traduzido por @SamyRusso

Suzanne Muchin Suzanne Muchin
Suzanne is the co-founder and principal of Mind + Matter Studio, a brand strategy firm based in Chicago and NYC, and the co-host of the ‘The Big Payoff’ podcast. She hosts a segment on Women & Business on WGN’s Business Noon Hour. Suzanne is an impact investor and mentor to entrepreneurs at 1871, Techstars and Impact Engine. Follow her @bigpayoffradio.