← Techstars Blog
O aplicativo Coleta + venceu a 5ª edição do Startup Weekend Manaus – Cidades Inteligentes realizado no final de semana. O app propõe conectar cooperativas de coleta seletiva e a população, permitindo o agendamento de horários e a identificação do material a ser coletado.  ‘Troca de Redes’ e ‘Cidade em Alerta’ asseguraram a segunda e a terceira colocação, respectivamente.

Ivair Costa, um dos participantes da equipe vencedora destacou a experiência de participar de um evento que incentiva os desenvolvedores. “O tema ‘Cidades Inteligentes’ fez com que eu enxergasse detalhes da cidade que muitas vezes nós não estamos expostos e com isso desenvolver uma sensibilidade que nós não tínhamos, podendo ver todas as dificuldades que a cidade passa, e tendo a oportunidade de criar soluções para esses problemas”, ressaltou.


A gerente regional da Tech Stars do Brasil, responsável pelas edições do Startup Weekend, Preta Emmeline, disse ter ficado surpresa com o nível de trabalho das equipes Manauaras. “Achei os empreendedores Manauaras muito maduros comentei com os colegas da comunidade de Startup que desde que chegaram no evento, eles já tinham suas ideias bem formadas e em nenhum momento durante os três dias, pensaram em mudar”, elogiou.  


Durante os três dias de Startup Weekend Manaus, sete equipes consolidaram seus projetos.


O secretário municipal de Turismo do município de Anori (distante 243 quilômetros de Manaus), Jardel Castro, esteve como um dos integrantes da Startup ‘Troca de Redes’ a assegurou que pretende levar o aprendizado para implementar em sua cidade. “Nós viemos para o evento para buscar informação e ideias para o turismo de Anori, trazendo os turistas para conhecerem a vida do caboclo diretamente, além de serem bem recebidos”, salientou.O ‘Troca de Redes’ é um aplicativo com o objetivo possibilitar aos turistas conhecerem a realidade do caboclo amazônida e até dormirem em suas casas.
Ulisses Tapajós, secretário municipal de Finanças da Prefeitura de Manaus não descartou a possibilidade das ideias apresentadas no SWManaus serem aproveitadas pelo município. “ A Prefeitura de Manaus tem dois projetos: mobilidade urbana e cidades inteligentes, que combinam com as startups apresentadas no evento de maneira que essas ideias serão aproveitadas e aprimoradas. Foi muito gratificante acompanhar essas pessoas”, disse ele ao afirmar . Ulisses também assegurou que a Prefeitura irá patrocinar as próximas edições do evento. “Vou procurar os organizadores para entender como tudo funciona e a gente colocar no calendário de patrocínios da Prefeitura, o próximo nós patrocinamos”, afirmou.


Um dos projetos que chamaram a atenção de Tapajós foi o ‘Cidade em alerta’ aplicativo em que o usuário é avisado sobre as enchentes dos rios e igarapés.


O diretor presidente da Prodam, Márcio Lira, destacou que o evento é importante para Manaus pois contribui para a resolução de vários problemas. Ele assegurou ainda que a Prodam vai disponibilizar os dados que a instituição possui com o objetivo de fomentar a cultura de novos negócios, oferecendo aos participantes acesso a informações essenciais para a implementação de novos projetos”, disse.


Resultado Final Startup Weekend Cidades Inteligentes
1º lugar – Coleta +
2º lugar – Troca de redes
3º lugar – Cidade em alerta


Menção honrosa para Eego


Startup Weekend
O Startup Weekend é um evento de imersão, realizado em cerca de 100 países, onde empreendedores e aspirantes a empreendedores podem descobrir se suas ideias de startups são viáveis. Ao todo, são 54 horas de criação de modelos de negócios, programação, design e validação de mercado.


A 4ª edição do Startup Weekend Manaus ocorreu em abril de 2016, com cerca de 100 participantes, e premiou os aplicativos “Cultura na Caixa” (projeto que visa divulgar a cultura amazonense em “caixas-surpresa” para os assinantes do serviço), “Abasteça Aqui” – aplicativo com o objetivo de gerar economia no abastecimento dos veículos e o “Jukx” app que o cliente pode avaliar as músicas da playlist do bar, podendo escolher também qual música deve tocar.
Daniel Goettenauer