← Techstars Blog

A data: 22 de novembro de 2014. Neste dia, próximo das 22h, nascia uma grande ideia de negócio. Resultado de horas de discussões na edição 2014 do Startup Weekend Education Curitiba, a ideia era um aplicativo que pudesse fornecer em tempo real dados de engajamento e assimilação do conteúdo por um público participante em um determinado evento. A sacada ganhou o nome de Peer Happy e foi uma das três melhores do SWEdu Curitiba daquele ano.

Hoje, dois anos e meio após a premiação no SWEdu, Marcelo Fernandes, criador do Peer Happy conta sobre a trajetória da ideia até se transformar em negócio. “A ideia veio após o grupo chegar a travar na solução do problema proposto. Mas assim que chegamos à ideia do Peer Happy, trabalhamos até às 4h da manhã e fomos premiados”, relembra Fernandes.

O sucesso no SWEdu permitiu que o Peer Happy fosse aproximado por duas aceleradoras com o objetivo de preparar o negócio para a fase de aumento de escala, mas os sócios optaram por uma saída diferente. “Não quisemos investidor a qualquer preço. Decidimos aprender com o mercado, ter a liberdade de criatividade para depois atrair investidores”, avalia Marcelo Fernandes. Hoje, o Peer Happy já é sondado por instituições educacionais e de eventos, de olho napraticidade do aplicativo para gerar dados de público. “E tudo começou nas discussões e mentorias do SWEdu”, finaliza Marcelo, que será um dos mentores da edição do Startup Weekend Education Curitiba, que acontece de 15 a 17 de julho, na PUC-PR.

Startup Weekend Education Curitiba
O maior evento de startups do mundo
Dias 15, 16 e 17 de julho
PUC-PR

Inscrições: https://goo.gl/qzGeVV

Mônica Mendes