← Techstars Blog

o-jovem-empreendedor

 

Empreender não é algo que já se nasce pronto, é preciso dedicação e muito trabalho para saber construir seus próprios projetos. Moldá-los da forma em que o mercado deseja e ser humilde para aceitar as diversas críticas, tanto positivas quanto negativas, que surgirão no meio do caminho.

Vários empreendedores começaram desde cedo, bons exemplos são Bill Gates, da Microsoft, Mark Zuckerberg, do Facebook, Romero Rodrigues e outros estudantes da USP, do Buscapé, entre outros.

Se você deseja já começar seu próprio negócio deve ser persistente com o mesmo, para te ajudar preparamos as seguintes dicas:

 

1. Tire vantagem da estabilidade

Uma das grandes vantagens empreendedor jovem é a possibilidade de arriscar mais por ter menos a perder. “Se você ainda vive com os seus pais, perder dinheiro vai ser menos traumático do que se tiver que sustentar sua própria família”, aponta Eduardo Vilas Boas, co-autor do livro “Empreenda antes dos 30”. Os primeiros anos de um negócio é muito delicado, você pode gastar muito dinheiro e o retorno demorar um pouco. Além disso, os compromissos e exigências familiares são menores. “Empreender exige muita dedicação e tempo. Nesta fase da vida, é mais fácil mergulhar de cabeça no negócio”, destaca Vilas Boas.

 

2. Prepare-se para errar

Como citamos, empreendedores precisam ser humildes e preparar-se para os erros. Lógico que você não quer criar nenhum negócio que dê errado e é exatamente por isso que passará por muitos testes até chegar no ponto certo. Errando em determinado aspecto, você precisa analisar o erro de perto, o porquê dele ter acontecido e entender porque ele é necessário. Depois, passe a bola com rapidez, para não ser sugado por uma derrota qualquer.

 

3- Seja apaixonado pelo que faz

Esta é uma dica muito válida do Mark Zuckerberg: sem paixão pelo que faz, o empreendedor pode não aguentar a altíssima carga de trabalho necessária para um negócio dar certo. É fácil observar a paixão de Zuckerberg ao criar o Facebook, ele é apaixonado por programação e pela cultura da web, o que o impulsionou a criar uma enorme rede social com o objetivo de conectar pessoas.

 

4- Sonhe grande

Esqueça-se por vários momentos o que as pessoas falam, que não vai dar certo ou que não há potencial. Pense em algo com milhares de usuários ou clientes, não importando se no início ainda não há lucro, e lembre-se que várias empresas já tinham 5 anos de existência quando viram realmente retorno financeiro para os fundadores. Se você sonha pequeno, terá um negócio pequeno, mas se sonha com algo grande, persista neste sonho que você terá algo gigantesco, arrisque-se!

 

5- Se envolva com pessoas e ambientes com a mesma visão que você

Frequentando feiras, cursos ou até mesmo um bate-papo com outras pessoas, o empreendedor acaba por se rodear de pessoas interessantes com as mesmas afinidades que a sua, e sem falar também em várias dicas e ideias que surgem destes encontros. Você sempre terá algo a aprender quando sai fora de sua zona de conforto ou círculo de amizades.

 

Então, tá na hora de aprender e empreender. Aparece lá no Startup Weekend! A gente tá com uma agenda bem bacana e cheio de ideias pra passar pra vocês!


, , ,


Amanda Pimenta