Perguntas Frequentes

Escrevemos um FAQ caprichado para tentar ajudar você a ter sucesso e aproveitá-lo o máximo. Se sua dúvida não foi respondida aqui fale conosco pelo florianopolismobile@startupweekend.org.

Que tipos de projetos são aceitos?

O Startup Weekend Mobile Floripa aceita negócios mobile, o segmento de mercado é você que escolhe. É um requisito também que os projetos estejam no estágio de ideia. O evento é para novas ideias. Não serão aceitos projetos já iniciados.

Como um dos objetivos é aprender a desenvolver bons modelos de negócio, não recomendamos também projetos “for fun” ou filantrópicos.

Quem pode participar do Startup Weekend Mobile Floripa?

O evento tem três públicos principais: desenvolvedores (qualquer pessoa apta a escrever código), designers (pessoas que consigam desenhar interfaces) e audiência de negócios (gerentes, administradores, especialistas em finanças). Esta divisão tem o principal objetivo de tornar os times que serão formados homogêneos em termos de perfil de participantes.

 

Posso levar minha atual startup para o Startup Weekend Mobile Floripa?

Não, o evento é para novos projetos. Entretanto, se você já tem uma startup, recomendamos que você leve seu time para participar do ambiente, aproveitar o networking e se integrar a novos projetos.

 

Como funciona propriedade intelectual no evento?

Não se preocupe, sua ideia não será roubada. Na verdade, você encontrará sócios e/ou parceiros para que ela tome vida e deixe de ser apenas uma ideia. Recomendamos apenas que os times estabeleçam entre si critérios para formalizar a ideia como companhia no futuro.

 

Não tenho uma ideia de negócio, posso participar do evento?

Claro. Você poderá escolher as ideias de outros participantes que mais gostar e se juntar a um dos times.

 

Posso formar um time apenas com meus amigos para executar um projeto?

Recomendamos aproveitar o networking do evento para formar um time completo. Esteja aberto a trabalhar também com gente nova.

 

O evento possui estacionamento?

Sim, o estacionamento da Estácio/Assesc estará disponível para os participantes. Só lembramos que na sexta-feira à noite haverá aula na instituição, então chegue cedo para garantir a sua vaga ou exercite a carona solidária.

 

Será fornecida alimentação?

O evento fornecerá um jantar na sexta; café da manhã, almoço, coffee break e jantar no sábado e café da manhã e almoço no domingo. Para aproveitarmos melhor o tempo, todas as refeições serão feitas no próprio local do evento.

 

Não vou poder comparecer na sexta. Posso participar de um time mesmo assim?

Imprima seu ingresso e deixe com um amigo. Ele receberá sua credencial e as cédulas de votação em projetos e escolherá um time para você participar.

 

O que preciso levar para o evento?
– Ingresso impresso
– Laptop (essencial para trabalhar)
– Cartões de visita (networking!)
– Extensões de tomada/multiplicadores (aka “T”)
– Adaptadores de pinos para tomada

 

Como devo apresentar minha ideia?
Nos pitches da sexta-feira, os participantes terão um minuto (um minuto!) para apresentar uma ideia de negócio. Recomendamos o seguinte formato para fazer um bom pitch:

5-10s – Quem é você?
10-20s – Qual o problema que você tenta resolver?
10-20s – Qual a solução que você propõe para este problema?
5-10s – Quem você precisa para se juntar a você?

 

Qual a programação do evento? Que hora começa? Que hora devo chegar?

O credenciamento tem início às 18h30 no dia 14/11 e o evento tem início às 19h00. Seguiremos rigidamente estes horários.

Confira a nossa programação: http://www.up.co/communities/brazil/florianopolis/startup-weekend/4485

 

Até o evento, o que devo fazer?

Recomendamos que você:

– Amadureça sua ideia. Pense simples e lembre-se que teremos apenas um fim de semana para executá-la. Pense também no modelo de negócio e como você pretende ganhar dinheiro com ela.

– Estude! Recomendamos que você se informe sobre as metodologias Business Model Generation/Business Model Canvas e Lean Startup/Running Lean. Estas técnicas têm revolucionado a maneira como as pessoas empreendem no segmento de tecnologia. Recomendamos também que você se inteire sobre o que é desenvolvimento ágil.

– Temos uma página no Facebook (https://www.facebook.com/swfloripa), onde incentivamos a integração prévia entre os participantes. Acompanhe também nosso blog na página oficial do evento (http://www.up.co/communities/brazil/florianopolis/startup-weekend/4485).

Não achou sua dúvida aqui? Escreva-nos: florianopolismobile@startupweekend.org

 








Sua startup está pronta para uma aceleradora corporativa?

Por Alexander Prado, coordenador do programa InoveSenior e CEO da Acceleri – Aceleradora de Projetos.

As empresas nascentes operam em ambientes de grande flexibilidade, que as permite reagir de forma ágil às oportunidades e mudanças de mercado, além de representarem, de modo geral, um contexto mais propício à criatividade e à inovação. Tais condições têm atraído empresas já consolidadas, que enxergam neste perfil de organização uma oportunidade para desenvolver novos produtos e criar novos nichos de atuação. É o que está por trás do conceito de Aceleradoras Corporativas, que conta com alguns casos emblemáticos no exterior (as norte-americanas Samsung Accelerator e Microsoft Accelerators, por exemplo) e que promete ganhar espaço também em território brasileiro.

Os benefícios desta nova modalidade de apoio vão além dos recursos financeiros que as empresas maiores podem ofertar às nascentes. Se em uma aceleradora privada os investimentos em startups ocorrem basicamente pela perspectiva de um rápido retorno econômico, nas Aceleradoras Corporativas o investimento é estratégico, em projetos que se alinham aos negócios ou aos interesses das empresas investidoras. Os projetos apoiados, geralmente, são vistos como complementares ao portfólio de soluções da corporação ou com potencial de acessar um segmento novo.

Trata-se de uma relação simbiótica, em que tanto a corporação, como a startup são beneficiadas. Para a organização já consolidada, o contato com as empresas nascentes possibilita insights sobre tecnologias emergentes e processos produtivos mais enxutos, gerando uma renovação de valores – o crescimento e o amadurecimento das empresas costuma trazer uma “acomodação” natural nos negócios. Por outro lado, as startups ganham na medida em que têm acesso à escala, infraestrutura, conhecimento e relações de mercado já estabelecidas pela organização. Ou seja, é um começo muito mais estável e uma promessa muito mais segura.

Em programas como o Inove Senior, a necessidade de investimento inicial e a dificuldade para entrada no mercado se tornam um problema menor para as startups, pois uma empresa com recursos, estrutura e reputação a ajudará no acesso aos seus potenciais clientes, a diferentes expertises e a conhecimentos consolidados sobre o setor e o ambiente de negócios.

Para serem competitivas perante as aceleradoras corporativas, as startups devem responder ao seguinte desafio: de que forma sua solução vai agregar inovação ao mercado e às empresas que já atuam neste segmento? Então, seu negócio está preparado para isso?