← Techstars Blog

Com mais de 12.000 participantes, o Techstars Global Startup Weekend deste ano foi incrível, graças a todas as pessoas que fizeram o esforço para fazer os eventos acontecerem. Em 58 países, em cada fuso horário, líderes da comunidades, mentores, jurados e participantes vieram ao Techstars Startup Weekend para criar startups incríveis, compor novas idéias e experimentar o que é criar uma startup em um fim de semana.

Nós crescemos com um painel de jurados impressionante, de todos os cantos do mundo, através de uma transmissão ao vivo de conteúdo no Instagram usando o # TGSW2017, e prêmios para ajudar a levar as idéias num próximo nível.

As cidades que realizaram o Techstars Global Startup Weekend:

  • Fortaleza (Travel Tech): Na sua terceira edição do ano, a cidade que alcançou as marcas de segundo destino mais desejado do Brasil e quarta cidade brasileira que mais recebe turistas de acordo com o Ministério do Turismo realizou a edição que estimulou o desenvolvimento de ideias para o Turismo.
  • São Luis (Youth): Na sua segunda edição do ano, a cidade que tinha feito uma versão para Universitários em agosto, conseguiu impactar jovens de 13 a 19 anos, garantindo a inclusão e diversidade no meio empreendedor, além de ensinar jovens as ferramentas e metodologia essencial para empreender, antes mesmo de escolher suas carreiras profissionais.
  • Belo Horizonte: Na sua quarta edição em 2017, Belo Horizonte garantiu muita emoção na edição do TGSW2017, a cidade que já levou o título de comunidade mais forte, através do São Pedro Valley, teve fortes emoções com falta de energia elétrica, mas a energia nas equipes organizadores e participantes que teve os pitches iluminando o ambiente através de lanternas do celulares.
  • Teófilo Otoni (Smart Cities): Em sua segunda edição no ano, o Vale do Aço Mineiro uniu a comunidade do entorno (Itabira e Governador Valadares) para desenvolver ideias que trouxessem soluções voltadas a sistemas de pessoas interagindo e usando energia, materiais, serviços e financiamento para catalisar o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida.
  • Vitória (Women e Gov): Com três edições no ano, Vitória conseguiu realizar dois eventos temáticos em dois fins de semanas seguidos. A versão Women garantindo a inclusão e diversidade no ambiente empreendedor e a versão Gov, que trabalharam grandes oportunidades para você colaborar com o setor público e lançar ideias que resolvam problemas reais na esfera governamental.
  • Rio de Janeiro (Women): A segunda cidade maior metrópole e maior destino destino internacional do país e sexta maior da América Latina, representando o segundo maior PIB do país e sede das duas maiores empresas brasileiras – a Petrobras e a Vale,  garantiu diversidade e inclusão pelo terceiro ano consecutivo com a única edição no ano de 2017.
  • Brasília (Women): A capital do país, que possui o maior produto interno bruto per capita em relação às capitais, o quarto maior entre as principais cidades da América Latina e cerca de três vezes maior que a renda média brasileira também garantiu a realização do Startup Weekend em 2017 através do estímulo a diversidade e inclusão de gêneros.
  • Campo Grande (Agrotech): Na segunda edição do ano, a cidade que surgiu de terras férteis para agropecuária, garantiu mais de 80 participantes criando soluções para agricultura na edição Agrotech.
  • São Paulo (Travel Tech): A terceira edição do ano, dentro de quatro que aconteceram na cidade de São Paulo, principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul, possui os aeroportos mais movimentados do país e líder em turismo de negócios, a cidade recebeu pela primeira vez a edição Travel Tech.
  • Joinville: A maior e mais populosa cidade do estado de Santa Catarina, no sul do país, e uma região muito reconhecida para o empreendedorismo na América Latina, garantiu a segunda edição no ano, solidificando o empreendedorismo e desenvolvimento da região, que está entre as comunidade mais engajadas, vencendo o prêmio Comunidade SC através do Startup Awards.
  • Palhoca (Education): Também em Santa Catarina e que faz parte da região metropolitana de Florianópolis, garantiu a segunda edição no ano, solucionando problemas na área de educação, com a participação de mais de 90 empreendedores.
  • Santiago: Pela segunda vez, a cidade conhecida como a “Terra dos poetas”, situada na região central do Rio Grande do Sul, garantiu que mais de 60 empreendedores desenvolvessem soluções localmente, para uma população de quase 50 mil habitantes.
  • Porto Alegre: A capital gaúcha também decidiu garantir por sua edição durante o TGSW, a cidade que desde 2012 realiza Startup Weekends, sem interrupções mostrou que o Sul é uma boa região para se empreendedor.

“Eu recebi o desafio de facilitar Startup Weekends nos dois fins de semana que se comemoram a Semana Global de Empreendedorismo, pela primeira vez fora da minha região e consecutivamente. Desde a falta de energia elétrica a emoção de entidades públicas locais, eu me surpreendi com uma verdadeira seleção de organizadores engajados que garantiram o impacto que as pessoas e comunidades mereciam. “, diz Eduardo Mattos.


, , ,


Preta Emmeline Preta Emmeline
Preta Emmeline is the Regional Manager for the Brazilian Community at Techstars Startup Programs.