CLA Sul Brasil – Conectando Nossos Líderes de Comunidades

Nos dias 10 e 11 de março de 2018 reuniram-se em Curitiba- PR, para o Techstars Community Leader Academy Sul, 45 Community Leaders representantes de diversas cidades dos três estados sul do país. Do Paraná, teve presente cidades como Cascavel, Londrina, Pato Branco, Ponta Grossa, Maringá, União da Vitória, Jacarezinho e Curitiba. De Santa Catarina, CL’s de Palhoça, Balneário, Joinville, Criciúma e Florianópolis também marcaram presença. E do Rio Grande do Sul: Santa Maria, Caxias do Sul, Porto Alegre, Lajeado, São Leopoldo, Bento Gonçalves e Porto Alegre.

Foi um fim de semana imersivo de capacitação, reflexão, troca de experiências, construção e muita CONEXÃO! Leaders e Feeders da região tiveram a oportunidade de discutir e alinhar expectativas para desenvolver melhor o ecossistema empreendedor de Startups.

Se aproximar de outros líderes que estão criando e desenvolvendo ações em seus ecossistemas locais é fundamental para um Community Leader.

No Community Leader Academy, o principal objetivo é aproximar líderes de comunidade para discutir e construir coletivamente ações e estratégias que amadureçam as comunidades. Mas também é o momento de conhecer mais sobre a Techstars, sobre o papel do Startup Weekend no ecossistema e sobre as pessoas que acreditam que as circunstâncias podem se tornar mais  sustentáveis a prosperidade. A metodologia proposta em dois dias intensos sugere refletir e trabalhar seus ecossistemas como um todo e não só o Startup Weekend, mas também tornar mais simples a visão de que treinar e reconhecer novas lideranças é fundamental nessa jornada. Aprender como capacitar os próximos organizadores, através de troca de experiências e enxergar o impacto dos programas da Techstars e outras iniciativas no ecossistema, junto de feeders locais, é o maior legado dessa experiência, que já deixou saudades no Sul do Brasil.

“Fui sem tanta ideia do que seria o CLA, pensei pelo título que seríamos treinados ‘individualmente’, e na verdade a essência era alinhar/desenvolver a liderança de todos, como um todo. Achei sensacional! A equipe de facilitadores apresentaram uma ótima desenvoltura e todos, inclusive participantes demonstraram abertura para conversar com todos e explorar mais insights. Devo reforçar também que a comida estava deliciosa!… Legal também a dedicação de todos os envolvidos em conseguir transporte e estadia por exemplo… Isso prova o quanto nós precisamos ser importantes para o ecossistema.” Jefferson Fernandes, Florianópolis-SC.








O Techstars Global Startup Weekend 2017 foi Emocionante no Brasil

Com mais de 12.000 participantes, o Techstars Global Startup Weekend deste ano foi incrível, graças a todas as pessoas que fizeram o esforço para fazer os eventos acontecerem. Em 58 países, em cada fuso horário, líderes da comunidades, mentores, jurados e participantes vieram ao Techstars Startup Weekend para criar startups incríveis, compor novas idéias e experimentar o que é criar uma startup em um fim de semana.

Nós crescemos com um painel de jurados impressionante, de todos os cantos do mundo, através de uma transmissão ao vivo de conteúdo no Instagram usando o # TGSW2017, e prêmios para ajudar a levar as idéias num próximo nível.

As cidades que realizaram o Techstars Global Startup Weekend:

  • Fortaleza (Travel Tech): Na sua terceira edição do ano, a cidade que alcançou as marcas de segundo destino mais desejado do Brasil e quarta cidade brasileira que mais recebe turistas de acordo com o Ministério do Turismo realizou a edição que estimulou o desenvolvimento de ideias para o Turismo.
  • São Luis (Youth): Na sua segunda edição do ano, a cidade que tinha feito uma versão para Universitários em agosto, conseguiu impactar jovens de 13 a 19 anos, garantindo a inclusão e diversidade no meio empreendedor, além de ensinar jovens as ferramentas e metodologia essencial para empreender, antes mesmo de escolher suas carreiras profissionais.
  • Belo Horizonte: Na sua quarta edição em 2017, Belo Horizonte garantiu muita emoção na edição do TGSW2017, a cidade que já levou o título de comunidade mais forte, através do São Pedro Valley, teve fortes emoções com falta de energia elétrica, mas a energia nas equipes organizadores e participantes que teve os pitches iluminando o ambiente através de lanternas do celulares.
  • Teófilo Otoni (Smart Cities): Em sua segunda edição no ano, o Vale do Aço Mineiro uniu a comunidade do entorno (Itabira e Governador Valadares) para desenvolver ideias que trouxessem soluções voltadas a sistemas de pessoas interagindo e usando energia, materiais, serviços e financiamento para catalisar o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida.
  • Vitória (Women e Gov): Com três edições no ano, Vitória conseguiu realizar dois eventos temáticos em dois fins de semanas seguidos. A versão Women garantindo a inclusão e diversidade no ambiente empreendedor e a versão Gov, que trabalharam grandes oportunidades para você colaborar com o setor público e lançar ideias que resolvam problemas reais na esfera governamental.
  • Rio de Janeiro (Women): A segunda cidade maior metrópole e maior destino destino internacional do país e sexta maior da América Latina, representando o segundo maior PIB do país e sede das duas maiores empresas brasileiras – a Petrobras e a Vale,  garantiu diversidade e inclusão pelo terceiro ano consecutivo com a única edição no ano de 2017.
  • Brasília (Women): A capital do país, que possui o maior produto interno bruto per capita em relação às capitais, o quarto maior entre as principais cidades da América Latina e cerca de três vezes maior que a renda média brasileira também garantiu a realização do Startup Weekend em 2017 através do estímulo a diversidade e inclusão de gêneros.
  • Campo Grande (Agrotech): Na segunda edição do ano, a cidade que surgiu de terras férteis para agropecuária, garantiu mais de 80 participantes criando soluções para agricultura na edição Agrotech.
  • São Paulo (Travel Tech): A terceira edição do ano, dentro de quatro que aconteceram na cidade de São Paulo, principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul, possui os aeroportos mais movimentados do país e líder em turismo de negócios, a cidade recebeu pela primeira vez a edição Travel Tech.
  • Joinville: A maior e mais populosa cidade do estado de Santa Catarina, no sul do país, e uma região muito reconhecida para o empreendedorismo na América Latina, garantiu a segunda edição no ano, solidificando o empreendedorismo e desenvolvimento da região, que está entre as comunidade mais engajadas, vencendo o prêmio Comunidade SC através do Startup Awards.
  • Palhoca (Education): Também em Santa Catarina e que faz parte da região metropolitana de Florianópolis, garantiu a segunda edição no ano, solucionando problemas na área de educação, com a participação de mais de 90 empreendedores.
  • Santiago: Pela segunda vez, a cidade conhecida como a “Terra dos poetas”, situada na região central do Rio Grande do Sul, garantiu que mais de 60 empreendedores desenvolvessem soluções localmente, para uma população de quase 50 mil habitantes.
  • Porto Alegre: A capital gaúcha também decidiu garantir por sua edição durante o TGSW, a cidade que desde 2012 realiza Startup Weekends, sem interrupções mostrou que o Sul é uma boa região para se empreendedor.

“Eu recebi o desafio de facilitar Startup Weekends nos dois fins de semana que se comemoram a Semana Global de Empreendedorismo, pela primeira vez fora da minha região e consecutivamente. Desde a falta de energia elétrica a emoção de entidades públicas locais, eu me surpreendi com uma verdadeira seleção de organizadores engajados que garantiram o impacto que as pessoas e comunidades mereciam. “, diz Eduardo Mattos.








A Segunda Edição do Community Leaders Academy Aconteceu em Belo Horizonte

Descontração, experiência, conteúdo, interação, entre outros pontos positivos apontados pelos mais de 50 participantes do Community Leader Academy Minas Gerais, realizado no último mês, a oportunidade de se conectar com 21 cidades diferentes do estado foi o maior recebível do programa. Veja as fotos do evento aqui.

Ao longo do programa, foram realizadas várias dinâmicas, como teste de maturidade do ecossistema de cada cidade, e levantados problemas como: Desarticulação de atores-chave, Falta de Densidade, Legislação Favorável, Cultura empreendedora não disseminada para população, Retenção de Talento, Falta de capital, Escassez de Cursos em Escolas / Universidades, e Comunicação entre lideranças.

“O clima de alto astral, a energia positiva e a interação entre organizadores, facilitadores e participantes no ambiente é incomparável”

O encontro interativo de dois dias, que reúne organizadores, facilitadores, Community Leaders, influencers e evangelistas – de todos os setores do ecossistema de startup do Brasil – O programa se concentra em ajudar os líderes a ampliarem seus esforços e, finalmente, seu impacto – seja no seu país, cidade ou mesmo universidade, através de alguns incentivos destacados abaixo.

  • Como melhorar a qualidade,  aumentar o engajamento nas ações da comunidade, capacitação de novos líderes, obtendo maior alcance no ecossistema;
  • Como se relacionar com parceiros que possam, juntos, dar mais força aos resultados gerados pelos negócios locais;
  • Como pensar nas jornada dos empreendedores locais, identificando gargalos e trabalhando para reduzi-los;
  • Como otimizar as atividades da comunidade, de modo que o community leader possa enxergar o contexto de forma mais estratégica tornando o ambiente mais visível.

No fechamento, os community leaders levaram para casa como próximos passos o comprometimento de realizar mais atividades, em todas as cidades, com uma edição de Startup Weekend em pelo menos uma  delas.








Empreendedorismo Reúne Governo no Floripa

O primeiro Startup Weekend com a temática Governo no Brasil aconteceu em Florianópolis nesse final de semana. O #SWGovFloripa traz uma grande oportunidade para os participantes colaborarem com o setor público e lançar ideias que resolvam problemas reais na esfera governamental, das cidades e das comunidades empoderando o cidadão. Essa edição que teve lotação máxima de 120 participantes foi realizada no Centro de Inovação ACATE Primavera entre sexta e domingo (24 a 26 de Março).

É o evento ideal para tirar a ideia do papel e colocar ela em prática e os participantes ainda podem contribuir com soluções que aumentem a inovação e beneficiem a sociedade como um todo. O Startup Weekend utiliza uma metodologia que em 54 horas ao longo de um fim de semana os empreendedores, Desenvolvedores, Designers, entusiastas e nesta edição também conta com a participação de Agentes Públicos se unem para compartilhar ideias, formar equipes e criar startups.

O local do evento disponibiliza toda estrutura necessária com uma ótima localização na Rodovia SC 401 no Km04, dentro do Primavera Garden Center. No valor do ingresso estão inclusas refeições e coffee breaks, e todo o material necessário para o desenvolvimento das ideias, além do suporte dos mentores que utilizam de toda a sua experiência profissional para auxiliar os participantes.

Essa edição conta com o patrocínio de grandes empresas que estão sempre apoiando iniciativas para desenvolver o empreendedorismo local como SEBRAE, Softplan, e o BRDE. E como apoiadores grandes empresas no cenário empreendedor de Florianópolis como:  o grupo de pesquisa da Universidade Federal de Santa Catarina VIA Estação Conhecimento, WeGov, Code for Floripa, Intexfy, CIASC e a SDS – Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável, que juntos colaboraram com os organizadores do evento.

Nosso time de mentores: Depois de todas as mentorias as equipes trabalharam duro para desenvolver a ideia e chegar ao nível de apresentação dos Pitchs.

Às 17h iniciou a apresentação final dos pitchs finais para os jurados: Gabriela Tamura (WeGov), Carlos Chiodini (secretaria do Desenvolvimento Econômico e Sustentável), Moacir Marafon (Softplan), Gabriela Werner (Impact Hub).

E as vencedoras foram:

  • 1º Lugar: VIGÍLIA
  • 2º Lugar: PROTOCOLEI
  • 3º Lugar: SELO SAÚDE SOCIAL
  • Menção Honrosa: PLATAFORMA CRIATIVA

Organizadores do evento

Durante todo o evento são realizadas palestras instrutivas que expliquem para os participantes cada passo que precisa ser tomado para ter uma ideia sucesso, a primeira palestra motivadora foi realizada pelo mentor Tony Celestino, que veio para Florianópolis representando a Techstars Brasil no evento. A palestra ajudou os participante a entenderem a importância da validação de sua ideia para as Startups. O mentor iniciou a palestra indicando alguns procedimentos básicos para nortear os participantes em seguida foco para a validação das ideias. Para isso, é importante que o processo seja realizado de maneira investigativa, realizando entrevistas com pessoas desconhecidas, segundo o mentor, essa é a melhor forma de saber o que o mercado está precisando. Depois foi a vez do Lucas Prim – Gestor da startup SumOne – falar sobre o MVP (Minimum Viable Product) que é conhecido como uma prática de administração de empresas que busca lançar um novo produto ou serviço com menor investimento possível, para experimentar o negócio antes de aportar grandes investimentos. A última palestra foi com Marcos Buson – fundador da empresa Pinmypet – afirma que o Pitch precisa ser apresentado da melhor forma e da maneira mais convincente e clara possível. 

Essa edição só foi possível de ser realizada graças ao apoio de vários patrocinadores, entre eles o BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul.

Saiba mais sobre este nosso patrocinador!

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE foi fundado em 1961 pelos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, com o objetivo de fazer o Sul do Brasil prosperar. Desde então, o BRDE tem sido um parceiro que apoia e acompanha o desenvolvimento de projetos para aumentar a competitividade de empreendimentos de todos os portes na região. Nesse sentido, tem ampliado o incentivo à inovação tecnológica e assumindo posição de destaque no financiamento de projetos inovadores.

Em 2013, o Banco iniciou estudos para criar uma linha exclusiva de investimento na área de inovação. O governo do Estado de SC, um dos acionistas do BRDE, queria investir em parques tecnológicos, criar centros de inovação. Os próprios clientes também demandavam linhas de financiamento mais adequadas a empresas inovadoras.

Em conjunto com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), O BRDE desenvolveu um programa para financiar a inovação com características mais aderentes à realidade das empresas. Assim nasceu o programa BRDE Inova, atendendo a demandas do setor, que tinha dificuldade para atender as garantias e exigências tradicionais do banco.

Para facilitar o acesso dos empresários da indústria de tecnologia aos recursos financeiros, o banco decidiu criar uma política específica de crédito. Entre as mudanças, a flexibilização de garantias, o estabelecimento de critérios para definir projetos e empresas inovadoras e também a flexibilização dos itens passíveis de financiamento, que passaram a incluir de mão-de- obra (home-hora) a viagens de aperfeiçoamento, para feiras e eventos no exterior.

A partir da criação do BRDE Inova, foi possível retirar a exigência de garantias reais para financiamentos de até R$ 1 milhão. A medida tornou o programa um case nacional, com o banco assumindo a liderança no repasse da linha de financiamento Finep Inovacred e também no repasse da linha MPME Inovadora, do BNDES.

Recentemente, o BRDE aprovou sua participação como cotista no fundo de investimentos Criatec 3, capitaneado pelo BNDES. Até agora, o investimento foi de R$ 12 milhões, mas o Banco estuda a participação em outros fundos. O Criatec 3 foi criado para financiar iniciativas inovadoras e possibilita aportes de R$ 1,5 milhão a R$ 10 milhões por empresa, dependendo da avaliação do fundo.








Community Leader Spotlight: Rayanny Nunes

Brazil CLEu sou co-fundadora da startup Klipbox e All Bugdet, uma apaixonada por empreendedorismo e por organizar eventos nessa área, fomentando comunidades e empoderando pessoas no meu país.

Meu primeiro Startup Weekend como participante foi em 2013 em Recife, uma experiência transformadora e que marcou para sempre minha jornada empreendedora. Me apaixonei completamente pelo evento, pelo propósito e pela comunidade que estávamos construindo. Então, em 2014 organizei duas edições em Natal e participei do primeiro Statup Weekend Women do Brasil em João Pessoa. Ainda nesse ano, fui convidada para mentorar o Startup Weekend Campina Grande.

Definitivamente o Startup Weekend fazia (faz) parte da minha vida, em 2015  fui convidada para mentorar em outros eventos e  participei de mais 5 edições como mentora e voluntária, organizei mais uma edição em Natal e entrei pro time de facilitadores do Brasil.  

No Summit, pude conhecer outras líderes de comunidade do país, nos unimos para organizar um Startup Weekend Women simultâneo, foram cinco eventos realizados em cidades de quatro regiões e que impactou mais de 600 pessoas, você poderá encontrar alguns dados aqui.

O Startup Weekend Women é uma paixão ainda maior, a causa me atrai e meu desejo é que cada vez mais tenhamos mais mulheres  no movimento empreendedor. Assumi a liderança desse movimento e me orgulho muito do trabalho incrível que nossas líderes vem realizando em suas comunidades. Após esse movimento, aumentamos a participação de mulheres em mais de 20% nos eventos do Startup Weekend.  

SW Women /brazil

Depois de realizar o maior Startup Weekend Women do mundo, nós resolvemos aumentar o desafio para 2016 e impactar ainda mais participantes. Estamos realizando nove edições em diferentes cidades do país (Recife, Florianópolis, Belém, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Natal e Manaus), tive o prazer de facilitar dois desses eventos (Recife e Florianópolis) e contribuir com a construção dos demais.

Hoje estou participando de um programa de aceleração focado em fundadoras mulheres no Chile (The S Factory), os aprendizados, habilidades, desafios e as conexões que o Startup Weekend me proporcionaram, contribuíram muito para essa conquista.

Os planos para 2017 incluem o desafio de impactar mais pessoas e levar o SW Women para outras cidades do país, sonhamos com 15 cidades, assim seguimos ampliando as conexões e participação das mulheres na tecnologia e no empreendedorismo. O desafio é grande, mas estamos preparadas!

Linkedin: https://br.linkedin.com/in/rayannynunes








Recap: A Look at Techstars Brazil Summit 2016

The second delivery of the Techstars Brazil Summit took place during July of 2016 in São Paulo.

Tony Celestino, Regional Director and Andre Hotta, Regional Manager of Techstars Regional Office in Brazil.
Tony Celestino, Regional Director and Andre Hotta, Regional Manager of Techstars Regional Office in Brazil welcome the attendees.

The event, with 117 people from 38 cities and 19 states participating, included:

Techstars Brazil Summit held a number of activities & was focused on the connections between communities, best practices and training for both organizers and facilitators, as well as discussion panels of Investments in Brazil and communities.

This year the Summit had 2 special guests: David Brown (Co-founder and Managing Partner of Techstars) and Cody Simms (Head of Techstars Accelerator and Startup programs in North and South America). We ran an AMA (ask me anything) session with them and the Community Leaders. It was a great opportunity to connect to the Brazilian ecosystem.

One of the high peaks of the Summit was the presentation about the impact that Startup Weekend Women had last year in Brazil, what our community leaders are doing and how they could improve in the diversity inclusion to empower women. 

It was important to us to share the entrepreneur journey with the attendees and give them the opportunity to connect to founders that started their startups in a Startup Weekend event. We wanted them to see what their journey had been like. It was great to show to the Community Leaders the steps that each entrepreneur had to take to become successful. Tallis Gomes (Easy Taxi), Claudio Castro (One Cloud) and Luiz Gomes (Lotebox), were founders that built their startups at a Startup Weekend program in Brazil. They got the opportunity to share their journey, discuss challenges and how the community can support new startups in their early days.

Thanks to everyone involved in this great event. If you’re interested in learning even more about the event, check out the Techstars Brazil Summit infographic!








Primeiro UP Regional Summit no Brasil (UP Brasil Summit)!

Screen Shot 2015-06-25 at 17.06.15O escritório da UP Brasil foi aberto no começo de 2014 e tem feito um enorme trabalho na criação e fortalecimento de comunidades empreendedoras pelo Brasil. Crescemos de 22 eventos em 18 cidades em 2013 para 68 eventos em 43 cidades. E em 2015 esperamos ter em torno de 100 eventos em 60 cidades.

O primeiro UP Regional Summit no Brasil foi em Belo Horizonte e contou com 69 participantes de 29 cidades e 15 estados:

  • 50 líderes de comunidades;
  • 7 parceiros (Startup Farm, Estácio de Sá, Sebrae-PA, Sebrae-BA, Startup Brasil, Endeavor);
  • 5 patrocinadores/Apoiadores (Sebrae-MG, Sebrae Nacional, IBMEC-MG, Sympla);
  • 2 palestrantes (Yuri Gitahy e Felipe Matos);
  • 5 da equipe UP Global.
Screen Shot 2015-06-25 at 17.06.57

Objetivos do UP Brasil Summit:

  • Unir líderes de comunidades da UP Brasil;
  • Oferecer aos participantes a oportunidade de se conectar com pessoas de outras cidades que não tiveram a oportunidade de se conhecerem nos UP Global Summits (Rio de Janeiro e Las Vegas);
  • Workshops, oficinas e palestras para capacitar os líderes de comunidades;
  • Alinhamento e comunicação sobre a missão e programas da UP.
Screen Shot 2015-06-25 at 17.07.06

Sebrae-MG:

O Sebrae-MG foi um grande apoiador regional e com eles tivemos 2 atividades:

  • Painel Sebrae;
  • Jantar Sebrae.

Estas atividades foram importantes para discutir ações de como o Sebrae pode contribuir para nutrir as comunidades de startups.

Screen Shot 2015-06-25 at 17.06.32

Pontos Discutidos:

  • Impacto e Criação de Comunidades de Startups;
  • 5 Ingredientes Para “Fomentar Um Ecossistema Próspero de Startup;
  • Como desenvolver e criar novas lideranças em sua comunidade;
  • Como Promover Seu Evento;
  • Painel: Como o Sebrae pode contribuir para nutrir os ecossistemas regionais de Startups;
  • Como levantar recursos financeiros para sua comunidade;
  • A Psicologia da Facilitação: entenda melhor as técnicas e a cicência de criar experiências com significado em eventos. Apareça nesta sessão se você quer ser um melhor facilitador de eventos ou qualquer atividade em grupo;
  • Como construir parcerias para desenvolver a sua comunidade?
  • Como identificar e convidar bons mentores e jurados.
Screen Shot 2015-06-25 at 17.06.42

Diversão:

  • Happy Hour;
  • Campeonato de Poker;
  • City Tour.

Infográfico:

Screen Shot 2015-06-26 at 10.37.52






10 dias até Guarulhos virar capital do empreendedorismo social

Estamos a 10 dias do maior evento de empreendedorismo do mundo, o Startup Weekend! Startup Weekend é um evento global que tem como missão principal mobilizar e transformar a comunidade local através do empoderamento com metodologias de negócios e empreendedorismo. Pretende em 54 horas fazer com que startups sejam criadas para tirar a ideia do papel e fazer o milagre acontecer, identificar problemas (leia-se oportunidades) e solucionar algum problema.

O Startup Weekend Change Makers é o primeiro evento com foco na solução de problemas sociais e que envolverá comunidades e líderes sociais para que juntos com designers, desenvolvedores e empreendedores visionários lancem negócios de impacto social que tragam soluções para mazelas da sociedade.

Turma no 1º Bootcamp em Guarulhos
             Turma no 1º Bootcamp em Guarulhos
Este ano a cidade de Guarulhos, em especial a Comunidade da Vila São Rafael, foram contemplados com esse evento que acontecerá nos dias 27, 28 e 29 de Março na Escola Estadual Ary Gomes (Rua Alegre, 213 – Guarulhos). Além disso, mais cidades no Brasil e no mundo estarão organizando este evento.

Então, vamos impactar?

Saiba mais em: http://bit.ly/1BErgGl
Inscrições: http://bit.ly/1E1BGyH
Fanpage: https://www.facebook.com/SWChangeMakersGuarulhos

 








O Projeto Empreender da TV Futura e o Evento Startup Weekend da UP Global

Escrito por: Thomas Buck.

Sou evangelista incondicional do movimento empreendedor. Quando entrei para o movimento, no início de 2009, não fazia idéia do poder transformador do movimento. Assim, ajudei a dar alguns passos importantes na universidade onde leciono em Salvador, além de ter contribuído na realização dos 3 eventos Startup Weekend que já ocorreram na Bahia: 2012, 2013 e 2014.

Quero falar mais especificamente daquele ano de 2013. Já vou adiantar logo o vencedor: o projeto Pastar.

Creio que o líder de tal projeto, Matheus Ladeia, absorveu como ninguém toda a essência do empreendedorismo.

Talvez ele já tenha aprendido isso na sua própria educação, desde que nasceu. Quem saberá?

Quero lembrar que a Pastar não foi sua primeira tentativa de empreender. Provavelmente não será a última, da mesma maneira.

Foi muito gratificante quando, ao longo do mês de agosto de 2014, ou seja, dentro do primeiro ano de existência da Pastar, Matheus me chamou para participar da filmagem de uma série que estava sendo feita pela TV Futura, em parceria com o SEBRAE, com uma nova safra de jovens empreendedores que está sendo gerada neste país. O projeto pode ser acessado aquí.

Esta semana saiu o resultado da tal matéria feita no dia 06 de setembro de 2014. Vejam vocês mesmos: http://www.projetoempreender.org.br/episodios/matheus-ladeira/. E notem o seguinte: aos 1:40 do vídeo, Matheus se lembra daquele mês de setembro de 2013, quando venceu o II Startup Weekend em Salvador.

A série Projeto Empreender demonstra claramente que o movimento empreendedor no Brasil está em absolutamente todas as áreas, e já contaminou nossos futuros empreendedores em praticamente todas as idades. Incrível. E as ideias então não vou nem comentar.

A Pastar, é claro, está se transformando numa grande história de sucesso, que começou num fim de semana com as 54 horas mais incríveis daqueles participantes. Mas não devemos esquecer de mencionar outros tantos projetos que começam a invadir o dia a dia de nosso país: Cabe na Mala, Easy Taxi, …

Creio ser este exatamente o aspecto mais importante do nosso evento Startup Weekend: o de fomentar esta grande força transformadora que fortalece a cada dia nosso futuro.

 








18 Startup Weekend teams are presenting at the BRAPPS Brasil this weekend.

18 Startup Weekend teams are presenting at BRAPPS this weekendBRAPPS is the biggest mobile content event in Latin America happening April 25 and 26, 2014.

445651478_640

The event includes: talks focused on mobile startups, trade shows, hackathons, and more. For two days, technology and entrepreneurship will take over Brasil. BRAPPS provides the opportunity for the public to asses trends and products, and generates business between entrepreneurs and investors.

The Startup Weekend teams presenting are:
  • Cadê o Busão: A mobile application which helps people catch the closest bus. Works collaboratively, using data from the user to provide information closer to reality.
  • Certifiq: Created during Startup Weekend Goiânia in 2013, winning second place and currently at the incubator – PUC Goiás. Certifiq provides automation of certificate issuing process through a user friendly interface.
  • Comida de Rua: Aims to enhance the experience of consumers of street food. Showing through the website and mobile app the location of the best places to enjoy street food.
  • Doatorium: Platform sharing donations. Our goal is to make life easier for those who want to donate something but do not know who needs it.
  • Kidscoin: An app that helps parents manage their children’s allowance to accumulate coins according to the child’s actions.
  • Mimopress: Mini albums you create in minutes with your digital photos. Create now and receive at home.
  • Não Contém – An application that indicates restaurants which sell meals without gluten and lactose-free.
  • Pastar: A platform that integrates members of the livestock market.
  • Promotools: A solution for electronic satisfaction. A survey which helps companies monitor the quality of service at point of sale.
  • Speakrs: Connects travelers with native-speakers. ‘Speaks’ are local people who speak the language of the traveler and are willing to provide a unique experience, not only presenting tourist locations, but also shared cultures, places and insider tips.
  • Surfmappers: A portal for buying and selling surfing photos.
  • Sweet’mm: Choose the perfect bra for you in just 3 steps.
  • Tipit: Platform for streaming live concerts.
  • TOOTZ: Shows through geo-location information in real time about show houses, bars and restaurants to go out and enjoy the night. The platform facilitates contact between bands and venues. Thus musicians and venues can close contracts online, quickly and safely. The information about which band will play in a particular establishment are automatically updated in the mobile application.
  • TruckPad: An app that connects truckers with their cargo. Today, these ‘entrepreneurs of the roads’ waste a lot of time and fuel looking for their next shipping. With TruckPad it will receive direct deals on their smartphone.
  • Vai Sim: An online travel agency with unique trip packages for people with disabilities and reduced mobility.
  • Xoboi: Digital Solution for agribusiness. Management and centralized suppliers of the field. Farmers, veterinarians and entrepreneurs can quote and buy the necessary supplies for your agribusiness.
  • Yummer: Connects tourists with each other and with local people, thus providing a better travel experience

Congrats to all the Startup Weekend teams! Follow along with BRAPPS on Twitter.